| |


Finanças Modernas e Desenvolvimento de Talentos
21-11-2022
A Fundação Rui Cunha e a MBtv Debates realizam na segunda-feira, 21 de Novembro às 18:00, uma conferência intitulada “Modern Finance and Talent Development”, inserida no ciclo Business Series, em co-organização entre a FRC, a Revista Macau Business e a MIIPA – Associação dos Profissionais da Indústria de Seguros de Macau.

A parceria dará destaque ao novo conceito de finanças modernas, cujo desenvolvimento foi classificado como um impulso fundamental e um pilar essencial para a tão ambicionada diversificação económica de Macau. Além de um quadro jurídico adaptado às necessidades de uma nova realidade, o fomento e gestão de talentos surge também como uma componente chave para uma estratégia de sucesso.

O painel de especialistas para abordar o tema da indústria de serviços financeiros inclui António Félix Pontes, Representante Geral em Macau da Greater Bay Area Impact Forum Foundation; Sam Tou, Director Executivo do BNU; Cally Kuan Ho Weng, Presidente da Assembleia Geral da Associação de Auditores de Contas de Macau; e Calvin Tinlop Chui, Presidente da Comissão Executiva da Associação de Direito Financeiro de Macau.

A par dos oradores convidados para este importante debate, sobre o panorama económico de Macau pós-pandemia, vai estar presente Ivan Cheung, Presidente da MIIPA – Associação dos Profissionais da Indústria de Seguros de Macau, e o moderador José Carlos Matias, Director da Macau Business.

Esta conferência será transmitida em directo na página da FRC no Facebook, e na página da MBtv no Facebook, em língua inglesa.

A entrada é livre.
Não perca!
Por Macau, Mais e Melhor!


Hengqin - Investimento e Desenvolvimento Económico
16-11-2022
A Fundação Rui Cunha apresenta na quarta-feira, 16 de Novembro às 18:30, uma conferência intitulada “HengQin: Investimento e Desenvolvimento Económico”, com o orador convidado Dr. António Lei, Director Interino da Direcção dos Serviços de Desenvolvimento Económico da Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau em HengQin, e o moderador Paulo Rego, Director Geral do Jornal Plataforma, entidade co-organizadora deste evento.

Inserida num novo ciclo de conferências, intitulado HengQin Series, a Fundação espera acompanhar de perto o desenrolar daquele que é um projecto-chave para a diversificação económica e integração de Macau na Zona de Cooperação Aprofundada entre Guangdong e Macau. A sessão pretende ser uma introdução ao tema, com o propósito de identificar os desafios e respectivas orientações de investimento planeado para toda a Zona de HengQin, assim como apresentar as oportunidades já disponíveis para os residentes de Macau e demais interessados.

A Zona de Cooperação tem como principal missão concentrar-se no desenvolvimento de diversas indústrias, designadamente a indústria de investigação e desenvolvimento científico e tecnológico, a indústria de manufactura de alto nível, as indústrias de marcas de Macau – como a indústria de medicina tradicional chinesa –, as indústrias cultural e turística, de convenções e exposições, e de comércio, assim como a indústria financeira moderna, de forma a atingir a tão almejada diversificação económica de Macau.

O Dr. António Lei Chi Wai ingressou na função pública em 1994, tendo desempenhado diferentes cargos em vários serviços públicos do Governo da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM). A partir de 2012, passou a assumir sucessivamente os cargos de Director-Adjunto do Gabinete Jurídico e de Fixação de Residência, Director do Centro de Apoio Empresarial de Macau e Director do Departamento de Promoção Económica e Comercial com os Mercados Lusófonos, junto do Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), antes de integrar a actual posição.

A sessão será realizada em língua portuguesa com interpretação simultânea para inglês.
A entrada é livre.
Não perca!
Por Macau, Mais e Melhor!


“Reinventar a Indústria de MICE: Novos Desafios e Oportunidades”
26-10-2022
A Fundação Rui Cunha e a MBtv Debates realizam na quarta-feira, 26 de Outubro às 18:30, uma conferência intitulada “Reinventar a Indústria de MICE: Novos Desafios e Oportunidades”, inserida no ciclo Business Series da MBtv.
A pandemia de COVID-19 foi extremamente penalizadora para toda a indústria MICE (Meetings, Incentives, Conventions, and Exhibitions). Por força das grandes restrições implementadas, os eventos híbridos (online/offline) passaram a ser a única forma possível de organização, acabando por se tornar uma tendência.
À medida que transitamos para a era pós-pandémica, é hora de questionar que desafios e oportunidades se apresentam a este sector. Um painel de intervenientes e peritos da indústria, de Macau e Singapura, vai discutir o caminho a seguir para os negócios e os profissionais sde MICE e eventos, em mais uma edição da série de Debates FRC/MBtv, co-organizados através da parceria entre a Fundação Rui Cunha, a Macau News Agency e a Macau Business.
Alan Ho, Presidente da Associação dos Sectores de Convenções, Exposições e Turismo de Macau; Bruno Simões, Presidente da Associação Macau Meetings, Incentives and Special Events; Glenn Mccartney, Professor Associado da Universidade de Macau, especialista em Resorts integrados e Gestão Turística; e Florence Chua, Directora Executiva da Professional Convention Management Association (Asia Pacific), que estará em directo de Singapura via zoom, darão o mote para mais um importante debate sobre a recuperação económica de Macau.
A sessão será moderada pelo Director da Macau Business, José Carlos Matias.
Esta conferência vai ser realizada em língua inglesa e transmitida em directo nas páginas de Facebook da FRC e da MBtv.

A entrada é livre.
Não perca!
Por Macau, Mais e Melhor!

A pandemia da COVID-19 foi extremamente penalizadora para toda a indústria MICE (Meetings Incentives Conventions and Exhibitions).

Por força das imensas restrições implementadas, os eventos híbridos (online/offline) passaram a ser a única forma possível de organização, acabando por se tornar uma tendência.

À medida que transitamos para a era pós-pandémica, é hora de questionar que desafios e oportunidades se apresentam para a indústria?

Um painel de intervenientes e peritos da indústria de Macau e Singapura discute o caminho a seguir para o sector de MICE e eventos em mais uma edição da Série de Debates FRC/MBtv.

Alan Ho, Presidente da Associação dos Sectores de Convenções, Exposições e Turismo de Macau, Bruno Simões, Presidente da Associação Macau Meetings, Incentives and Special Events, Glenn Mccartney, Professor Associado da Universidade de Macau, especialista em Resorts integrados e Gestão Turística e Florence Chua, Directora Executiva da Professional Convention Management Association (Asia Pacific), via zoom de Singapura, darão o mote para mais um importante debate sobre a recuperação económica de Macau pós-covid.

Não perca, pois, mais esta oportunidade para assistir e dar, igualmente, o seu contributo.

A sessão será moderada pelo Director da Macau Business, José Carlos Matias.

Reimagining MICE: New challenges and opportunities é o que a FRC/MBtv se propõem debater, quarta-feira, 26 de Outubro pelas 18h30 horas, no auditório da Fundação Rui Cunha, numa parceria entre a Fundação Rui Cunha, a Macau News Agency e a Macau Business.

Esta conferência será transmitida em directo na página da FRC no Facebook, e na página da MBtv no Facebook.

A sessão será realizada em língua inglesa.

A Entrada é livre

Contamos consigo!

Por Macau, mais e melhor!


Lançamento de Livro . “Confúcio: o Fundador da Tradição”
21-10-2022
A Fundação Rui Cunha apresenta na sexta-feira, dia 21 de Outubro de 2022 às 18:30, o lançamento do livro “Confúcio, o Fundador da Tradição”, da autoria de Giorgio Sinedino, uma edição bilingue – em Português e Chinês – que é iniciativa do Centro de Ensino e Formação Bilingue Chinês-Português da Universidade de Macau (UM).
A sessão contará com a presença do autor, Giorgio Sinedino, e as participações do Prof. Yao Jing Ming, Professor do Departamento de Português da UM, e do Prof. João Veloso, Director do Departamento de Português da UM.
Desde Janeiro de 2020, o Centro de Ensino e Formação Bilingue Chinês-Português da UM deu início a um programa de rádio português denominado “Ideias Chinesas” (Temporada 1-4) em co-produção com a Radio China International (CRIpor). Com um vasto conteúdo, que abrange alguns dos maiores clássicos chineses, "Confúcio e os Anacletos", "Laozhi e Dao de Jing", "Meng Ke e o Livro de Mencius" e "Zhaungzhi e o seu Livro", o programa visa descodificar e dar a conhecer, a todo o público lusófono, o pensamento confucionista e respectivas tradições intelectuais chinesas.
Os 15 episódios que compõem cada temporada têm sido regularmente disponibilizados nos sítios web do CRIpor e do CPC, encontrando-se integralmente acessíveis a todos os interessados. Em Agosto deste ano, a primeira temporada foi integralmente convertida neste livro sobre Confúcio e a sua obra, como forma de promoção e divulgação, através da palavra escrita, do programa de rádio, a todos quantos ainda dele não tenham tido conhecimento.
Giorgio Sinedino vive na China desde 2005 e é fluente em doze línguas, incluindo mandarim, cantonês e japonês. Com um Doutoramento em Religião pela Universidade Renmin - China e um Mestrado em Filosofia pela Universidade de Pequim, o autor estudou Budismo no Templo da Fonte do Dharma e Daoísmo no Templo da Nuvem Branca, tendo também aprendido sobre as várias tradições chinesas com múltiplos mestres sem filiação institucional.
Sinedino publica regularmente sobre pensamento e literatura chineses, mantendo este podcast sobre os autores clássicos e suas obras na Radio China International. Pela estampa da Editora UNESP brasileira, traduziu e publicou os best-sellers “Os Analectos” (2012), “Dao De Jing” (2016) e “O Imortal do Sul da China” (2022).
A sessão será realizada em português, com entrada livre.
Não perca!
Por Macau, Mais e Melhor!


Palestra Docomomo . “Construir o Século XX: Chui Tak Kei”
20-10-2022
A Fundação Rui Cunha e o Centro de Investigação Docomomo de Macau apresentam na quinta-feira, dia 20 de Outubro às 19:00, uma palestra intitulada “Construir o Século XX: Chui Tak Kei”, com a participação do Assessor de Informação João Guedes e do Arquitecto Rui Leão como oradores.
A palestra apresentará as realizações do empresário Chui Tak Kei (1912-2007) ao longo da vida e o seu contributo para a sociedade de Macau e para a área da construção civil. Figura de destaque local, participou na construção e desenvolvimento de Macau, através da sua actuação como agente político e cultural, estabelecendo uma relação próxima com a comunidade portuguesa, e manifestando desde sempre o seu interesse pelo bem-estar social das comunidades.
João Guedes, jornalista e escritor, é Assessor para a Informação dos canais Portugueses de Rádio e Televisão desde 2005. Anteriormente foi Subchefe de Redacção, Chefe de Redacção, Director Adjunto de Informação (1997) e Director de Informação e Programas dos Canais Portugueses de Rádio e Televisão (2000). Em 2018 lançou a fotobiografia “Chui Tak Kei – A História numa Biografia”, onde recolheu para memória futura os grandes feitos desta personalidade de relevo da comunidade chinesa em Macau.
Rui Leão, arquitecto, é Presidente do Centro de Investigação Docomomo Macau e Presidente do Conselho Internacional de Arquitectos de Língua Portuguesa (CIALP), com doutoramento em Arquitectura e Urbanismo no Royal Melbourne Institute of Technology (RMIT) na Austrália. Actua também na área editorial, focado em aspectos patrimoniais e urbanísticos.
Tema:
Chui Tak Kei – tio do anterior Chefe do Executivo, Chui Sai On – distinguiu-se como empresário e construtor, mas sobretudo no plano político onde foi Vice-Presidente da Assembleia Legislativa, tendo participado no processo de transferência de soberania de Macau e na elaboração da Lei Básica.
Durante a II Guerra Mundial dirigiu a Associação Tung Sin Tong, instituição de beneficência que prestou auxílio aos refugiados, um papel importante porque foi aí que iniciou a sua vida pública e a sua intervenção social e política.
Figura preponderante do mundo empresarial de Macau, foi Presidente da Associação Comercial de Macau – que era uma espécie de governo sombra da comunidade chinesa na época –, e viria a fundar a a Associação de Construtores Civis de Macau, de que seria o presidente executivo e, mais tarde, presidente honorário até ao fim da vida.
Foi membro da Comissão da Redacção da Lei Básica da RAEM e da Comissão Preparatória da RAEM, bem como Presidente do Comité Consultivo para a Lei Básica da RAEM.
Amante de música e de Belas Artes, dedicou-se nos tempos livres ao desenho, pintura e caligrafia chinesa, além de ser um grande apreciador e coleccionador de arte chinesa.

A entrada é livre.
Não perca!
Por Macau, Mais e Melhor!


“Economia de Macau: O caminho em frente”
27-09-2022
A Fundação Rui Cunha e a MBtv Debates realizam na terça-feira, 27 de Setembro às 17:30, uma conferência intitulada “Macau’s Economy: The way forward”, inserida no ciclo Business Series da MBtv.
Após quase três anos de restrições pelo COVID-19, a economia de Macau luta para voltar a recuperar. Enquanto empresas e sociedade anseiam pela almejada normalidade pós-pandémica, a Fundação Rui Cunha, em parceria com a Macau News Agency e a Macau Business, convidaram um distinto painel de líderes empresariais e peritos, para juntos reflectirem sobre o melhor caminho para a recuperação económica do território.
Kevin Ho King Lun, Presidente da Associação Industrial e Comercial de Macau, Rui Pedro Cunha, Presidente da Câmara de Comércio Europeia de Macau, José Luís Sales Marques, Presidente do Instituto de Estudos Europeus de Macau e Henry Lei Chun Kuok, Professor de Economia Empresarial na Universidade de Macau, darão o mote para um debate sobre aquele que é, indiscutivelmente, o tema do momento em Macau.
A sessão será moderada pelo Director da Macau Business, José Carlos Matias.
Esta conferência vai ser realizada em língua inglesa e transmitida em directo nas páginas de Facebook da FRC e da MBtv.

A entrada é livre.
Não perca!
Por Macau, Mais e Melhor!


“A Abelha da China: 200 Anos da Imprensa em Macau”
12-09-2022
A Fundação Rui Cunha e a Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM), realizam na segunda-feira, dia 12 de Setembro às 18:30, uma palestra comemorativa intitulada “A Abelha da China: 200 Anos da Imprensa em Macau”. A iniciativa assinala o bicentenário da publicação do primeiro número do jornal “A Abelha da China”, que teve lugar no dia 12 de Setembro de 1822, um meio de comunicação com uma orientação política bastante marcada na sua época.
Esta data marca o início da imprensa escrita em Macau, que esteve ligada ao movimento Liberal em Portugal e a alguns partidários desse movimento em Macau, sendo “A Abelha da China” o precursor de centenas de títulos que viriam a surgir no território em Português, Chinês e, mais recentemente, em Inglês.
O evento será uma enriquecedora sessão sobre a história de Macau e um precioso contributo deste jornal na história de todo o jornalismo em língua portuguesa na China, permitindo revisitar o contexto sociopolítico e cultural do território no início do século XIX.
A palestra tem como oradores João Guedes, jornalista e autor, e Daniel Pires, professor universitário. A moderação estará a cargo de José Miguel Encarnação, jornalista e presidente da Associação de Imprensa em Português e Inglês de Macau (AIPIM).
A sessão será integralmente realizada em língua portuguesa, sem interpretação simultânea.

A entrada é livre.
Não perca!
Por Macau, Mais e Melhor!


Gastronomia e Cinema . “Almoço de 15 de Agosto”
24-08-2022
A Fundação Rui Cunha apresenta na quarta-feira, dia 24 de Agosto às 18:30, o quarto da série de seis filmes dedicada ao tema da Gastronomia e Cinema, com o título “Mid-August Lunch” de 2008, assinado pelo realizador italiano Gianni di Gregorio, que é também o escritor do guião e actor principal. Esta sessão não terá apresentação prévia.
Agendado para este mês, já que o tema alude ao feriado católico da Assunção de Nossa Senhora, que se celebra a 15 de Agosto em países como Itália, Espanha ou Portugal, o filme “Pranzo di Ferragosto” (título original) é uma simpática incursão por valores como a tolerância, o envelhecimento, a solidão, contado de forma terna e bem-humorada, que surpreende pelos momentos únicos e edificantes.
É uma história especial, leve e agradável, que narra as peripécias de Gianni, um homem de meia-idade, desempregado e solteiro, que aceita tomar conta de quatro senhoras idosas para ajudar a pagar algumas dívidas, durante o feriado em meados de Agosto. Quando todos os italianos fogem do calor para as praias da costa, Gianni é chantageado pelos seus credores – o senhorio e o médico – a hospedar as respectivas mães em Roma, onde mora com a sua exigente progenitora. Falido e sem argumentos, aceita a difícil responsabilidade, que acaba por resultar numa casa cheia, onde todos se acomodam e entreajudam, gerindo os caprichos que vêm com a idade, cozinhando a refeição do Dia da Assunção e divertindo-se mais do que o esperado.
O director Gianni Di Gregorio escreveu o argumento baseado num incidente retirado da sua vida, com um baixo orçamento e muito improviso, actuando como protagonista no seu próprio apartamento e recrutando as demais actrizes entre centenas de não profissionais. Contratou-as num lar próximo, para garantir a espontaneidade, e ficou encantado com a alegria e o humor que trouxeram à fita. Só a actriz que representou a sua mãe, Valeria De Franciscis, era de facto profissional, entretanto falecida em 2014 aos 98 anos.
O filme venceu diversos galardões entre 2008 e 2009, nomeadamente o Grande Prémio do Público no Bratislava International Film Festival, o Prémio de Melhor Realizador Emergente pela FICE – Federazione Italiana Cinema dEssai, o Prémio de Melhor Realizador Emergente pelo Italian National Syndicate of Film Journalists, o Prémio Especial para Melhor Primeira Metragem no Italian Online Movie Awards (IOMA), o Prémio Satyajit Ray no London Film Festival, o AITS Award para Melhor Som no Rome Film Fest, e ainda o Luigi De Laurentiis Award para Melhor Primeiro Filme, o Young Cinema Award para Melhor Filme Italiano e o Pasinetti Award para Melhor Filme no Festival de Cinema de Veneza, entre diversas nomeações nos Golden Globes de Itália, nos European Film Awards e no Tokyo International Film Festival.

O filme tem 75 minutos de duração, é falado em Italiano, com legendas em Inglês.
Não aconselhável a menores de 18 anos (Grupo C).
A entrada é livre, mas sujeita a limitação de lugares até 25 espectadores.

Não perca!
Por Macau, Mais e Melhor!
Documentário Curto - O Ataque Holandês Há 400 Anos
04-07-2022
A prosperidade económica de Macau na viragem dos séculos XVI para XVII, colocou o pequeno entreposto numa posição conspícua e gerou cobiça, entre outros, dos holandeses. Estes, desde que se estabeleceram em Java, acreditaram que o domínio económico dos mares circundantes estava próximo. Macau era o eixo de todo o comércio, tornando-se uma obsessão para os da Holanda tomar a cidade e o papel de charneira que representava. Foi há 400 anos.

Na madrugada do dia 24 de Junho de 1622, começou o desembarque dos inimigos na baía da Praia de Cacilhas. Eram 13 navios holandeses, mais 2 ingleses, com 800 homens operacionais (600 europeus e outros 200 entre japoneses, malaios e guzarates) que aportaram com toda a parafernália de armamento em 32 lanchas...

Como se defendeu Macau e conseguiu vencer esta quase impossível batalha? A Fundação Rui Cunha e a Associação dos Antigos Alunos da Escola Comercial “Pedro Nolasco” (AAAEC), apresentam um pequeno documentário, intitulado “Interpelando a História: O ataque holandês a Macau há 400 anos – 24 de Junho 1622/2022”, protagonizado pela historiadora e investigadora Beatriz Basto da Silva e realizado por José Basto da Silva, no âmbito do ciclo “Serões com Histórias” que foi cancelado na sequência das actuais restrições das Autoridades Sanitárias.

O filme está legendado em Português, Chinês e Inglês.
Não perca e mantenha-se em segurança!
Suspensão de Actividades na FRC
20-06-2022
A Fundação Rui Cunha anuncia a suspensão temporária das actividades, no âmbito do esforço de prevenção contra a Pandemia pelo Covid-19, em cooperação com as autoridades governamentais.

Assim, fica cancelada a projecção do filme “The Lunchbox” (2013, Índia), de Ritesh Batra, do ciclo Gastronomia e Cinema, agendado para amanhã, terça, 21 de Junho às 18:30.

Assim, ficam cancelados todos os eventos agendados para esta semana:

1. Gastronomia e Cinema . “The Lunchbox” (2013, Índia) de Ritesh Batra, (21.06.2022 às 18:30).
2. Serões com História . “O Ataque Holandês há 400 Anos” com Beatriz Basto da Silva (23.06.2022 às 18:30).
3. “Uma Noite com Piano na Galeria” . Associação Elite (24.06.2022 às 18:30).
4. Noite de Jazz ao Sábado . “Lazy Jones & Sexteto Wonderwall” (25.06.2022 às 21:00).

Sobre as actividades agendadas para a próxima semana, informaremos o público oportunamente, tomando em consideração a evolução da situação pandémica e seguindo as recomendações governamentais.

Mantenha-se em segurança e siga atentamente as orientações da Direcção dos Serviços de Saúde de Macau.

Por Macau, Mais e Melhor!
CONSULTE TODOS OS DESTAQUES
II Semana Da Cultura Chinesa
Site by omsite.com